POR QUE O PIX VAI MUDAR A PARTIR DE NOVEMBRO DE 2021?

O PIX chegou facilitando transações financeiras para milhares de brasileiros, no entanto, ele também acabou facilitando crimes e fraudes de forma extraordinária. O sequestro foi o crime mais recorrente devido ao PIX, foram registrados inúmeros boletins de ocorrência sobre a ação dos bandidos, sendo a maioria desses sequestros no período noturno. Apenas para dar uma noção de números, de acordo com o diretor de Fiscalização do Banco Central, Paulo Souza, a cada 100 mil transferências com o PIX, uma tem indício de fraude. Pense nesse número sendo proporcional a população de brasileiros que fazem uso do PIX. Pois é.

O impacto dos crimes e fraudes em relação ao PIX foi tamanho que as instituições financeiras se juntaram para reivindicar mudanças que aumentassem a segurança dos usuários que fazem uso desse sistema de pagamento. Essa pressão por parte das instituições financeiras funcionou, portanto a partir de novembro do ano de 2021, o PIX funcionará sob os seguintes termos:

– Limitação de transferências até R$1 mil se forem feitas entre 20h e 6h do dia seguinte (de dia, o valor máximo das operações via Pix terá o limite do cliente para as TEDs como referência);

– Prazo mínimo de 24h e máximo de 48h para que seja efetivado o pedido do usuário para aumento de limites de transações;

– Prazo mínimo de 24h para que a inscrição prévia de contas por canal digital produza efeitos, impedindo o cadastramento imediato em situação de risco.

– Para ampliar o combate às fraudes, passará a ser obrigatório que as instituições financeiras participantes do Pix marquem no Diretório de Identificadores de Contas Transacionais (DICT) informações de contas com indícios de utilização em fraudes no Pix e em outras transações de pagamento e serviços bancários.

– Os usuários poderão determinar que as instituições financeiras ofereçam funcionalidades que permitam aos usuários cadastrar previamente contas que poderão receber transferências via PIX acima dos limites estabelecidos, permitindo manter seus limites baixos para as demais transações.

– Os bancos também poderão reter uma transação no PIX por 30 minutos durante o dia ou por 60 minutos durante a noite para a análise de risco da operação, informando ao usuário quanto à retenção.

Aproveite e acompanhe mais dicas e informações exclusivas em nossas redes sociais. Estamos no Facebook e Instagram

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *